Freguesia de Arrifes

População: 7000

Actividades económicas: Agro-pecuária, indústria, comércio e serviços

Festas e Romarias: Nossa Senhora da Saúde (1.º domingo após 15 de Agosto), Nossa Senhora dos Milagres (3.º domingo de Setembro) e Nossa Senhora da Piedade (4.º domingo de Setembro)

Património: Igrejas de N. Senhora da Saúde, N. Senhora dos Milagres e N. Senhora da Piedade, Fontenário da Piedade, Casa Brasonada e Casas Típicas

Artesanato: Miniaturas em madeira, cestaria em vime, bordados, trabalhos em verga, ferrados, tapeçaria, esculturas, pinturas e tecelagem

Colectividades: Banda de Música “Lira Nossa Senhora da Saúde”, Águia Club Desportivo, Grupo Folclórico da Casa do Povo, Grupo Desportivo da Escola Preparatória e Grupo de Escuteiros N.º 433

Orago: N. Sra. da Saúde, N. Sra. dos Milagres e N. Sra. da Piedad.

Feiras: Feira Agrícola e Exposição de Gado (10 de Junho.


DESCRITIVO HISTÓRICO


Situada a noroeste da cidade de Ponta Delgada, é constituída pelos lugares de Piedade, Saúde e Milagres, estendendo-se até às proximidades de Serra Gorda, sendo por isso considerada uma das maiores freguesias do País.

Em Monografia Infantil pode ler-se o seguinte: “Não oferece este povoado, deslumbrantes belezas paisagísticas, mas em todos os recantos se vislumbra a poesia da simplicidade e da tradição.

Presume-se que esta povoação existisse ao tempo do povoamento desta zona da ilha, mas como parte adjacente de Ponta Delgada, donde teria irradiado, por isso, um núcleo populacional. É esta freguesia uma continuação da de S. José.

A Igreja de Nossa Senhora da Saúde é o mais belo templo desta freguesia. Construído na segunda metade do século XVIII, nele ficou incorporada como capela lateral, a primitiva Ermida de Nossa Senhora da Saúde, ali mandada edificar por D. Margarida Bettencourt da Câmara, conforme o seu testamento de 12 de Julho de 1627.

Em 1764 e 1765 foi sujeito a obras de ampliação que lhe conferiram o aspecto que hoje tem. Nesta igreja sobressai no interior, a talha dourada do seu altar-mor e, no exterior, o frontispício de basalto cinzelado.

No Lugar da Piedade existiu, outrora, uma ermida dedicada a Nossa Senhora da Piedade, mandada erguer por João Dias Caridade, no início do século XVI, tendo sido objecto de grandes ampliações em 1791.

Segundo Frei Montalverne, a Igreja de Nossa Senhora da Piedade pertenceu à terceira freguesia de Ponta Delgada, à qual outros historiadores chamavam a Freguesia do Oeste. Na segunda metade do século XX, sofreu esta igreja várias remodelações que alteraram a estrutura do edifício, com a construção de uma torre em estilo clássico e com a ampliação da sacristia.

Conta ainda esta freguesia com a Igreja de Nossa Senhora dos Milagres, construída a partir de 1816 por iniciativa da comunidade e cujos trabalhos foram dados por concluídos em 1831. A 3 de Abril de 1959, foi este curato elevado a paróquia.

Esta freguesia é na realidade e devido às suas boas e abundantes pastagens, a maior bacia leiteira do Arquipélago dos Açores.

O leite produzido é destinado à indústria do queijo e manteiga, para o consumo das populações e ainda para o fabrico do queijo caseiro, que também é comercializado. A ordenha do leite é realizada mecanicamente.

A carne do gado é de óptima qualidade.

Além da agro-pecuária, os terrenos produzem, em muito menor escala que antigamente, o milho, a beterraba, a batata, o feijão, a fava, a chicória e tabaco. Existe também uma exploração de floricultura, com o nome “Quinta das Estrelícias”.

Os habitantes dos Arrifes dedicam-se também ao comércio e à indústria.

Nas indústrias com maior incidência, existem as de construção civil e de metalúrgica.

Pin It