alternarioseFOLHAS DIVULGATIVAS: CITRINOS SERIE PATOLOGIA Nº9
Autores: Drumonde Melo, C1.; Lorenzo Bethencourt, C.D2.; Prendes
Ayala, C2.; Giménez Mariño, C2.; Cabrera Pérez, R2. Horta López, D.J1.
(1Dept. C. Agrarias-Univ. Azores; 2UDI Fitopatología-Univ La Laguna)
LARANJEIRA
DOENÇA:
ALTERNARIOSE OU DOENÇA DAS MANCHAS OLEOSAS
Castellano: MANCHA PARDA DE LOS CÍTRICOS
Inglês: ALTERNARIA BROWN SPOT
SINTOMATOLOGÍA
As manchas foliares são produzidas por diversos agentes patogénicos. Nos citrinos das áreas estudadas na ilha Terceira isolaram-se dois fungos associados a estas manchas.
Um dos primeiros sintomas produzidos por esta doença caracteriza-se pela forte desfoliação que as árvores sofrem durante a Primavera, visto que as folhas e os talos das rebentações mais jovens acabam por se necrosar na sua quase totalidade. Sobre o limbo foliar surgem áreas necróticas de tamanho variável que produzem uma curvatura lateral da folha; estas necroses acabam por se estender seguindo as nervuras da folha.
Na Primavera, sobre os frutos recém formados podem aparecer pequenas lesões que se apresentam como pequenas pontuações sobre a casca. Estas lesões podem desenvolver-se e alastrarem-se por todo o fruto, acabando este por, finalmente, cair no solo. As lesões sobre a casca dos frutos podem progredir formando-se zonas deprimidas com um halo amarelo circundante, nas quais os frutos exibem uma alteração de cor precoce.
Posteriormente, formam-se depressões circulares de cor castanho escuro que podem chegar a atingir os 10 milímetros de diâmetro. Se o ataque for severo podem aparecer sobre a casca dos frutos lesões que se apresentam como excrescências suberosas de tamanho variável.

Nos estados mais avançados da doença ocorre a colonização miceliar do fungo, a esporulação e consequentemente a disseminação da doença pelas folhas e frutos adjacentes mais susceptíveis.
A pesquisa bibliográfica aponta para a existência de sinergismo entre dois fungos isolados, sendo o agente primário da doença o fungo A. Citri, actuando C. gloeosporioides como organismo secundário, uma vez que intervem indirectamente no processo infeccioso, isto é, comporta-se como um fungo saprófita.
A. citri também causa a podridão negra do fruto. O fungo penetra pela cicatriz estilar provocando no interior desta uma podridão seca, cujo o desenvolvimento é lento mas depois da colheita produz um escurecimento do eixo central.
ORGANISMOS CAUSADORES
Alternaria citri Ells et Pierce
Colletotrichum gloeosporioides Penz

RECOMENDAÇÕES PARA O CONTROLO:
Eliminação do material infectado.
Há vários aspectos que podem favorecer o ataque desta doença, nomeadamente: parcelas com problemas de
arejamento, excessiva densidade de plantação, adubações azotadas excessivas e podas severas realizadas
em épocas inadequadas.

 

{pdf=images/biblioteca/pragas-doencas-regional/{pdf=images/biblioteca/pragas-doencas-regional/Patologia - 9 - Alternariose ou Doença das Manchas Oleosas dos Critrinos.pdf|100%|500|native}

Pin It

Cozer feijões velhos

feijãoQuando guardados há muito tempo (anos mesmo) ou simplesmente mal acondicionados, os feijões podem demorar tempo a mais a cozer. Mas há soluções.

A menos...

A Tinturaria Vegetal em Alguma Ilhas dos Açores


Carreiro da Costa, 1957

tinturariaRemonta aos primeiros decénios de vida insular, a prática dos vários processos de tinturaria caseira, servida por elementos...

Cores das Ilhas

Tudo leva a crer que esta paleta de cores começou a ser formada com a visita do escritor Raul Brandão, que esteve nos Açores em 1924 e foi atribuindo a cada...

A Amoreira e a Sericultura

 

Carreiro da Costa, 1945

De entre os problemas económicos em equação no arquipélago dos Açores, o da sericicultura é dos que mais tem apaixonado aqueles...

Agave (Babosa)

Piteira, Babosa, Agave, Agave americana L.

agaveÉ uma planta muito disseminada nos jardins de algumas ilhas. Não sabemos se o  “Agave azul” (e a sua parente...

Alguns Estudos Científicos sobre Agricultura Açoriana

uac 0 1

Departamento de Ciências Agrárias

http://repositorio.uac.pt/handle/10400.3/3

 

A influência da paisagem, dos factores ambientais e taxa de infestação na...

Prognósticos Populares

padreamaral
Antes do desenvolvimento da meteorologia, os agricultores (e não só) sabiam ver no céu sinais de bom ou mau tempo, com base em obsevações passadas de pais...