licor_de_amoraLicor de Amora

Variantes
Licor de Tangerina. Licor de Maracujá. Licor de Ananás.

Particularidade
Licor com cor e sabor característicos do fruto.

Descrição

Licor de Amora — licor de cor vermelho-arroxeada muito escura, feito com álcool, açúcar e amoras silvestres da região, obedecendo a uma confecção artesanal.
Licor de Tangerina — licor de bonita cor laranja, de sabor característico a tangerina e preparado com álcool, casca de tangerina e açúcar.
Licor de Ananás — licor amarelado, preparado como o de tangerina e com a casca do ananás.
Licor de Maracujá — de confecção análoga ao de amora.

História
Carreiro da Costa cita este licor dizendo ser de especial apreço como estimulante. De acordo com a tradição oral, é impensável chegar-se à época das festas natalícias sem que os licores tradicionais estejam prontos para servir aos cantantes de Janeiras (grupos de crianças e jovens que vão de porta em porta cantando as Boas Festas) e às visitas que se recebem por estas alturas.

Uso
Servidos após as refeições como digestivo, ou como estimulante, muito especialmente pelo Natal.

Saber Fazer

Colhem-se os frutos que, no caso da amora, se usa tal e qual, ou, para a tangerina e ananás, são descascados e só se aproveitam as cascas. Os frutos ou as cascas são postos de infusão em álcool e açúcar dissolvido em água. Após o tempo devido (para a tangerina é normalmente de 9 dias), a infusão é filtrada, através de um filtro de papel colocado num funil, e engarrafada.

Produção

Não é possível avaliar a produção. Estes licores fabricam-se em todas as ilhas, sendo a parte comercializada muito menor do que a produção real. Contudo, o Licor de Maracujá é fabricado pela Fábrica Ezequiel com uma produção de 120 000 litros por ano. A Fábrica Atlântida, de Ponta Delgada, fabrica cerca de 700 litros de Licor de Amora, embora trabalhe um pouco por encomenda.

In: Produtos Tradicionais Portugueses - Vol 1
Direcção-Geral de Desenvolvimento Rural
Lisboa 2001

Pin It

Cozer feijões velhos

feijãoQuando guardados há muito tempo (anos mesmo) ou simplesmente mal acondicionados, os feijões podem demorar tempo a mais a cozer. Mas há soluções.

A menos...

A Tinturaria Vegetal em Alguma Ilhas dos Açores


Carreiro da Costa, 1957

tinturariaRemonta aos primeiros decénios de vida insular, a prática dos vários processos de tinturaria caseira, servida por elementos...

Cores das Ilhas

Tudo leva a crer que esta paleta de cores começou a ser formada com a visita do escritor Raul Brandão, que esteve nos Açores em 1924 e foi atribuindo a cada...

A Amoreira e a Sericultura

 

Carreiro da Costa, 1945

De entre os problemas económicos em equação no arquipélago dos Açores, o da sericicultura é dos que mais tem apaixonado aqueles...

Agave (Babosa)

Piteira, Babosa, Agave, Agave americana L.

agaveÉ uma planta muito disseminada nos jardins de algumas ilhas. Não sabemos se o  “Agave azul” (e a sua parente...

Alguns Estudos Científicos sobre Agricultura Açoriana

uac 0 1

Departamento de Ciências Agrárias

http://repositorio.uac.pt/handle/10400.3/3

 

A influência da paisagem, dos factores ambientais e taxa de infestação na...

Prognósticos Populares

padreamaral
Antes do desenvolvimento da meteorologia, os agricultores (e não só) sabiam ver no céu sinais de bom ou mau tempo, com base em obsevações passadas de pais...