alhoAllium sativum, L.—família das Liliáceas.

Planta bolbosa, anual, cultivada nas hortas para usos culinários. A tintura obtida pela maceração dos seus bolbos em álcool, é aconselhada como cordial e anti-reumática.

 

Salvar


OUTRAS FONTES

Indicações: Indicações: contra hipertensão, picadas de inseto, diurético, expectorante, antigripal, febrífugo, desinfetante, antinflamatório, antibiótico, antisséptico, vermífugo (lombriga, solitária e ameba), para arterioesclerose e contra ácido úrico.

Partes Usadas: dentes (bulbilhos)

Preparo e Dosagem:

Maceração - esmagar um ou dois dentes de alho dentro de um copo com água. Tomar um copo três vezes ao dia (para gripe, resfriado, tosse e rouquidão).

Tintura - moer uma xícara (café) de alho dentro de um recipiente contendo 5 xícara de álcool 92o GL, deixar em maceração por 10 dias, coar. Tomar 10 gotas em meio copo de água três vezes ao dia, para problemas do aparelho respiratório (gripes, etc.). Para hipertensão utilizar uma colher de chá da tintura em meio copo de água três vezes ao dia ou comer dois dentes de alho pela manhã.

Dores de ouvido - amassar um dente de alho em uma colher de sobremesa de azeite morno. Pingar três gotas no ouvido e tampar com algodão.

Toxicologia: contra indicado para pessoas com problemas estomacais e de úlceras, incoveniente para recém-nascidos e mães em amamentação, e ainda em pessoas com dermatites. Em doses muito elevada, pode provocar dor de cabeça, de estômago, dos rins e até tonturas.




 

 

Salvar

Salvar

Pin It