alecrimRosmarinus officinalis, L.— família das Lamiáceas (Labiadas).

Arbusto erecto, ramoso, de folhas persistentes, aromáticas,flores axilares, de corola labiada.

Cultivado em jardins e junto aos colmeais como planta melífera. Antigamente era considerado como panaceia para as mais variadas doenças; actualmente o seu emprego como planta medicinal é mais restrito, apenas se aconselha como tónico e estimulante estomacal.


Salvar

OUTRAS FONTES

Indicações: estimulante digestivo e para falta de apetite (inapetência), contra azia, para problemas respiratórios e debilidade cardíaca (cardiotônico), contra cansaço físico e mental, combate hemorróidas, antiespasmódico (uso interno) e cicatrizante (uso externo).

Partes Usadas: folhas

Preparo e Dosagem:

- xarope - para 1/2 litro de xarope adicionar o suco de 4 xíc. de café de folhas frescas, tomar 1 colher de sopa a cada 3 horas (para problemas respiratórios).

- infusão - 1 xíc. de cafezinho de folhas secas em 1/2 litro de água, tomar xícaras de chá a cada 6 horas.

- tintura - 10 xícaras de café de folhas secas em 1/2 litro de álcool de cereais ou aguardente, tomar 1 colher de chá 3 vezes ao dia em um pouco d'água (para a maioria das indicações, inclusive hemorróidas).

- pó - as folhas secas reduzidas a pó têm bom efeito cicatrizante.

Outros usos: Usam-se ramos em armários para afugentar insetos.

Toxicologia: em altas doses pode ser tóxico e abortivo.




 

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Pin It